Posts Tagged ‘José Mourinho’

Real Madrid Campeão da Copa do Rei!

21/04/2011

Esqueçam o “joguinho mais ou menos” disputado pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol – já de posse do Barcelona – e que terminou em 1 a 1, com dois gols de pênalti e sem nenhuma emoção. A Final da Copa del Rey de Espanha foi uma batalha épica, um clássico jogado ao limite e com as duas equipes buscando o gol do início ao fim da partida! Emocionante, simplesmente emocionante para quem viu a peleja transmitida pela TVE, TV Espanhola, com direito a dois narradores, sim isso mesmo, um narrador para cada equipe!

O Madrid vence a Copa del Rey e comemora a conquista diante do Barça!

José Mourinho aprendeu com a derrota por 5 a 0, ainda no primeiro turno do nacional, e buscou alternativas para conter o poderoso Barcelona de Messi, Iniesta, Xabi, Villa e Daniel Alves – hoje o melhor time do futebol mundial. Já no empate de sábado, o domínio territorial foi do Barcelona, mas a posse de bola não resultou em pressão direta ao gol de Casillas. Ontem, Mourinho surpreendeu ao escalar três volantes, sendo Pepe zagueiro por vocação, e ainda assim conseguir imprimir ritmo de jogo ao primeiro tempo. A cabeçada de Pepe, que explodiu na trave de Pinto, poderia ter mudado completamente o panorama tático da partida, mas o placar em branco foi um presente para Pep Guardiola que viu seu Barça perdido em campo.

Se a primeira etapa foi do Madrid, o Barcelona dominou totalmente as ações nos últimos 45 minutos do tempo regulamentar, e só não fez um ou dois gols pelos milagres operados pelo capitão Casillas. Messi, Pedro, Villa, todos pararam nas defesas salvadoras do goleiro da seleção espanhola. O Real Madrid só ameaçava nos contra-golpes e Cristiano Ronaldo perdeu duas boas chances de quebrar a sequência invicta do clube catalão. Aos 46, Di María feza bela jogada individual, bateu no ângulo e o goleiro Pinto evitou o gol que seria decisivo pelo adiantado do tempo. Prorrogação à vista e mais emoções no Estádio Mestalla, em Valência.

Cristiano Ronaldo chega ao gol de nº 42 na temporada 2010/2011!

Marcelo, Di María e Cristiano Ronaldo! O improvável aconteceu e saiu dos pés desses três jogadores! As bolsas de apostas de Londres certamente tiveram que esvaziar os cofres após a bela tabela de Marcelo com Di María que acabou na cabeçada indefensável de CR7! Gol do Real Madrid! Gol de Cristiano Ronaldo! Goooooooool do título! Os jogadores do Barcelona não acreditaram quando viram a bola estufar as redes de Pinto… Não sabiam nem como dar a saída de jogo novamente… Perdidos e confusos apenas tocaram a pelota de um lado a outro enquanto o segundo tempo da prorrogação se esvaia aos poucos… Apito final e muita festa nas ruas de Madrid e para os torcedores merengues espalhados pelo mundo!

José Mourinho é incontestavelmente o melhor treinador de futebol do mundo! Montou uma equipe equilibrada, que soube marcar, fechar os espaços e ainda assim agredir o adversário. Mourinho conquistou taças em mata-mata em quatro países: Portugal, Inglaterra, Itália e agora na Espanha. Na temporada passada, pela Internazionale, o treinador português conquistou todos os títulos disputados, incluindo a Coppa Itália 2009/2010. Comandando o Porto venceu a Taça de Portugal 2002/2003 e a Supertaça Portuguesa 2003-2004; pelo Chelsea foram mais títulos: duas Curling Cup 2004-2005 e 2006-2007, uma Taça da Inglaterra 2006-2007 e uma Supercopa da Inglaterra em 2005. Alguém ainda quer contestar o portuga?

Copa do Rei da Espanha

Final – Barcelona 0 x 1 Real Madrid (20/04/2011)

Barcelona: Pinto; Daniel Alves, Piqué, Mascherano e Adriano; Busquets (Keita), Xavi e Iniesta; Pedro, Villa (Affelay) e Messi

Técnico: Pep Guardiola

Real Madrid: Casillas; Marcelo, Ricardo Carvalho (Garay), Sergio Ramos e Arbeloa; Pepe, Xabi Alonso e Khedira (Granero); Özil (Adebayor), Cristiano Ronaldo e Di María

Técnico: José Mourinho

Gol do Real Madrid: Cristiano Ronaldo, aos 12 minutos do primeiro tempo da prorrogação

Local: Mestalla, em Valência (ESP) / Árbitro: Alberto Undiano Mallenco (ESP)

Cartão Amarelo: Pedro, Adriano e Messi (Barcelona); Pepe, Adebayor, Di María e Xabi Alonso (Real Madrid)

Cartão Vermelho: Di María (Real Madrid)

O bom futebol retornou!

16/01/2011

Qual o peso de um treinador nas vitórias de uma equipe? No caso da Inter de Milão podemos dizer que a chegada do brasileiro Leonardo, ex-treinador do arqui-rival Milan, foi fundamental para a volta do bom futebol e das vitórias. José Mourinho venceu todos os torneios que disputou com a Inter na temporada 2009/2010, mas Rafa Benítez, apesar de vencer o Mundial de Clubes da Fifa, não emplacou no time milanês e foi demitido. O espanhol saiu atirando para todos os lados, dizendo que a Inter tinha um time velho e que não recebeu os reforços que pediu ao presidente Massimo Moratti.

Leonardo assumiu a equipe na sétima posição no Campeonato Italiano e após quatro vitórias seguidas já recolocou a Inter na briga pelo título. Mas qual foi o milagre? O zagueirão Materazzi – sempre ele! – deu uma declaração dizendo que Benítez era um guarda de trânsito dirigindo uma Ferrari! O certo foi que Benítez quis inventar e mudou o padrão de jogo de um time que venceu tudo o que disputou: Campeonato Italiano, Copa da Itália, Liga dos Campeões e a Supercopa da Itália – já sob o comando do espanhol. A derrota na final da Supercopa da Europa, 2 a 0 para o Atlético de Madrid, já mostrava que as mudanças feitas na equipe não estavam dando resultado. Benítez seguiu inventando, mudando e mexendo no time até ser demitido!

Campeão do mundo e demitido! Benítez não emplacou na Inter!

Assim que assumiu o time nerazurri, Leonardo deu liberdade para que Maicon e Eto’o voltassem a jogar abertos pela ponta e forçou as jogadas pelas laterais do campo, algo que não ocorria na formação desenhada pelo espanhol. Leo não tem todos os titulares disponíveis, Sneijder, Júlio César e Samuel estão lesionados, mas mesmo assim fez a equipe emplacar cinco vitórias seguidas, quatro pelo Italiano e uma pela Copa da Itália, e mostrar um padrão de jogo parecido com a Internazionale de José Mourinho.

A vitória deste sábado sobre o Bologna, por 4 a 1, foi construída de forma natural e com a participação efetiva de Samuel Eto’o que deu um passe preciso para Stankovic abrir o placar e ainda fez dois golaços – o segundo uma pintura em cobrança de falta. As comemorações alegres após os gols só reforçam que o bom ambiente está de volta e junto com ele vieram as vitórias que estavam em falta na gestão de Rafa Benítez.

3ª Rodada: Espanhol & Italiano

19/09/2010

Com gols do argentino Di Maria e do português Cristiano Ronaldo, o Real Madrid venceu o Real Sociedad, fora de casa, pela terceira rodada do espanhol, conta sete pontos e está na terceira colocação no certame. A vitória foi a de número 300 na carreira do treinador português José Mourinho e mesmo sem uma grande exibição, o Real Madrid segue pontuando no campeonato. O grande jogo da rodada, no entanto, é o esperado duelo entre Diego Forlán, do Atlético de Madrid, e Lionel Messi, do Barcelona. A ESPN transmite ao vivo, neste domingo, às 14h.

Na terra da pizza e do panetone, o Inter de Milão venceu de virada o Palermo, por 2 a 1, e mesmo passando um grande sufoco conseguiu anotar mais três pontos. O time siciliano fez um bom segundo tempo, mas desperdiçou muitas chances na frente de Júlio César e a lei máxima do futebol foi aplicada: “Quem não faz, leva!” Samuel Eto’o mostrou ao uruguaio Abel Hernandes como um artilheiro deve se portar em campo e fez os dois gols que garantiram a virada. A equipe de Rafa Benítez soma sete pontos e lidera o italiano ao lado do Cesena que venceu o Lette, em casa, por 1 a 0.

Campeonato Espanhol: 3ª Rodada

Sábado (18/09/2010)
13:00h – Mallorca 2 x 0 Osasuna
13:00h – Espanyol 1 x 0 Almeria
15:00h – Sporting Gijón 2 x 2 Athtletic Bilbao
17:00h – Real Sociedad 1 x 2 Real Madrid

Domingo (19/09/2001)
12:00h – Racing Santander 2 x 0 Zaragoza
12:00h –Levante 1 x 2 Villarreal
12:00h – Hércules 1 x 2 Valencia
14:00h – Atlético de Madrid 1 x 2 Barcelona
16:00h – Málaga 1 x 2 Sevilla

Segunda-feira (20/09/2010)
16:00h – La Coruña x Getafe

Campeonato Italiano: 3ª Rodada

Sábado (18/09/2010)
13:00h – Fiorentina 1 x 2 Lazio
15:45h – Milan 1 x 1 Catania

Domingo (19/09/2001)
07:30h – Bari 0 x 0 Caglari
10:00h – Chievo 0 x 1 Brescia
10:00h – Palermo 1 x 2 Inter de Milão
10:00h – Roma 2 x 2 Bologna
10:00h – Parma 1 x 1 Genoa
10:00h – Cesena 1 x 0 Lette
10:00h – Udinese 0 x 4 Juventus
15:45h –Sampdoria 1 x 2 Napoli

Começa a fase de grupos da Liga dos Campeões!

15/09/2010

O Inter de Milão, atual campeão da Champions League, estreou com um empate fora de casa diante dos holandeses do Twente, 2 a 2, com gols de Sneijder e Eto’o. O técnico Rafa Benítez lançou os brasileiros Júlio César, Lúcio e Maicon como titulares, o jovem Philippe Coutinho entrou na etapa final. O empate não foi um resultado ruim, já que no outro jogo do grupo Werder Bremen e Tottenham também ficaram no 2 a 2.

O destaque de terça fica por conta da goleada do Barcelona, por 5 a 1, nos gregos do Panathinaikos, no Camp Nou, com direito a show do argentino Lionel Messi que marcou dois gols e ainda perdeu um pênalti. Nesta quarta, o badalado Real Madrid de José Mourinho recebe o Ajax e o Milan de Alexandre Pato, Thiago Silva, Ronaldinho Gaúcho e Robinho enfrenta o Auxerre.

Primeira Rodada da Liga dos Campeões:

14 de setembro de 2010

Twente 2 x 2 Inter de Milão
Werder Bremen 2 x 2 Tottenham
Lyon 1 x 0 Schalke 04
Benfica 2 x 1 Hapoel Tel-Aviv
Manchester United 0 x 0 Glasgow Rangers
Bursaspor 0 x 4 Valencia
Barcelona 5 x 1 Panathinaikos
Copenhague 1 x 0 Rubin Kazan

15 de setembro de 2010 [ATUALIZADO]

Bayern Munichen 2 x 0 Roma
Cluj 2 x 1 Basel
Zilina 1 x 4 Chelsea
Olympique Marsella 0 x 1 Spartak Moscow
Milan 2 x 0 Auxerre
Real Madrid 2 x 0 Ajax
Arsenal 6 x 0 Braga
Shakhtar Donetsk 1 x 0 Partizan Belgrado

Temporada européia 2010/2011!

28/08/2010

Neste fim de semana começam dois dos mais interessantes campeonatos nacionais da Europa, o italiano e o espanhol. Na terra das touradas, diversos jogadores campeões do mundo pela seleção espanhola estarão em campo pelo Barcelona que tem como principal rival pela conquista do título a nova geração de galácticos do Real Madrid.

Victor Valdés, Gerard Piqué, Carles Puyol, Sergio Busquets, Xavi Hernández, Andrés Iniesta, Pedro Rodriguez e David Villa se juntam a Daniel Alves, Gabriel Milito, Éric Abidal, Seydou Keita e Lionel Messi para formar uma equipe que vem encantando torcedores pelo planeta bola. O técnico Pep Guardiola comanda a máquina que foi a base da seleção espanhola.

O multicampeão José Mourinho assumiu o Real Madrid com a missão de devolver os títulos ao clube merengue. Sem Kaká, recém operado, o clube aposta em Cristiano Ronaldo para voltar a vencer. Mesmo tendo um ótimo elenco formado por Iker Casillas, Pepe, Sergio Ramos, Marcelo, Fernando Gago, Xabi Alonso, Karim Benzema e Gonzalo Higuaín, o presidente Florentino Perez abriu os cofres e reforçou o time com Mesut Özil, Ángel Di Maria, Sami Khedira e Ricardo Carvalho.

Sem dúvida este será um campeonato disputado rodada a rodada que terá ainda o Atlético de Madrid, de Diego Forlán, correndo por fora.

Atlético de Madrid: Campeão da Supertaça da Europa 2009/2010!

Na Itália, o desafio dos rivais será impedir o sexto título consecutivo da Internazionale de Milão. Sem José Mourinho, a equipe interista ainda está se adaptando ao estilo do espanhol Rafa Benitez que nesta temporada venceu a Supercopa da Itália, 3 a 1 sobre a Roma, mas foi derrotado na final da Supercopa da Europa, pelo Atlético de Madrid, por 2 a 0, e com uma atuação irreconhecível das principais estrelas do time.

Milan, Juventus e Roma contrataram, se reforçaram e querem acabar com a hegemonia de Júlio César, Lúcio, Maicon, Sneijder, Eto’o e Diego Milito. Podemos esperar um título muito disputado, apesar da evidente superioridade da Internazionale de Milão.

O Chelsea de Anelka, Terry e Malouda conquista a terceira vitória seguida

Na fria Inglaterra, o atual campeão Chelsea, de Carlo Ancelotti, já largou na frente com duas goleadas por 6 a 0 e hoje conquistou a terceira vitória seguida, 2 a 0 sobre o Stoke City e lidera com folga a Premier League. Manchester United, Liverpool, Arsenal e Manchester City lutarão para impedir o bicampeonato da equipe formada por Alex, John Terry, Michael Essien, Ramires, Frank Lampard e Didier Drogba.

Façam suas apostas! A emoção vai começar!

Campeonato Espanhol: Primeira rodada [ATUALIZADO]

Sábado
13h – Hércules 0 x 1 Athletic de Bilbao
15h – Málaga 1 x 3 Valencia
17h – Levante 1 x 4 Sevilla

Domingo
12h – Deportivo La Coruña 0 x 0 Zaragoza
12h – Espanyol 3 x 1 Getafe
12h – Real Sociedad 1 x 0 Villarreal
12h – Osasuna 0 x 0 Almería
14h – Racing de Santander 0 x 3 Barcelona
16h – Mallorca 0 x 0 Real Madrid

Segunda-feira
17h – Atlético de Madri 4 x 0 Sporting de Gijón

Campeonato Italiano: Primeira Rodada [ATUALIZADO]

Sábado
13h – Udinese 0 x 1 Genoa
15h45 – Roma 0 x 0 Cesena

Domingo
13h – Bari 1 x 0 Juventus
15h45 – Milan 4 x 0 Lecce
15h45 – Chievo 2 x 1 Catania
15h45 – Fiorentina 1 x 1 Napoli
15h45 – Palermo 0 x 0 Cagliari
15h45 – Parma 2 x 0 Brescia
15h45 – Sampdoria 2 x 0 Lazio

Segunda-feira
15h45 – Bologna 0 x 0 Inter de Milão

Inter vence a Supercopa da Itália 2009/2010!

23/08/2010

No sábado, a Internazionale de Milão venceu, de virada, o Roma, por 3 a 1, e conquistou a Supercopa da Itália, o primeiro título da temporada 2010/2011 do futebol italiano. Esse é também o primeiro título do novo técnico da equipe, o espanhol Rafa Benítez que tem a difícil missão de substituir o português José Mourinho, agora no Real Madrid.

O título desse fim de semana dá sequência aos impressionantes resultados obtidos por Mourinho na temporada 2009/2010: campeão da Copa da Itália, do Campeonato Italiano e da Liga dos Campeões da Europa. Por outro lado, o Roma foi vice-campeão da Copa da Itália e segundo colocado no italiano, ou seja, o adversário perfeito a ser batido numa final pelo Inter de Milão: são três vices campeonatos em menos de um ano!

O espanhol Rafa Benítez adota o esquema tático da moda: 4-3-2-1

Após a decepção italiana na Copa do Mundo da África do Sul, os jogadores só pensam nos clubes e a nova formação do Internazionale, sob comando de Rafa Benítez, promete ser tão eficiente quanto a da temporada passada. Os destaques da conquista foram o zagueiro Lúcio, o meia Sneijder e o camaronês Samuel Eto’o que anotou dois gols na etapa final – Pandev, no primeiro tempo, empatou a partida. O novo treinador fez alterações no esquema tático, mas a liberdade de criação para Sneijder continua. O camisa 10 interista deu belo passe para Eto’o fazer 3 a 1 e enterrar uma possível reação do Roma.

O próximo desafio do Inter de Milão, ainda colhendo os frutos da excelente temporada passada, será encarar o Atlético de Madrid, campeão da Liga Europa 2009/2010, na disputa pela Supercopa Européia, nesta sexta, 27/08, em Mônaco, com transmissão da ESPN. O título é inédito para as duas equipes e o confronto promete ser de alto nível!

Samuel Eto'o x Diego Fórlan: quem vai levar a melhor nesta sexta?

Obediência tática e talento para ser campeão

22/05/2010

O técnico José Mourinho levou o limitado elenco da Internazionale de Milão à conquista da Liga dos Campeões e ainda conseguiu a inédita tríplice coroa européia para um time italiano, já que antes havia faturado a Copa da Itália e o Campeonato Italiano. Os grandes favoritos como Real Madrid, Barcelona, Chelsea e Manchester United foram caindo pelo caminho enquanto a Inter seguia firme até a final.

O diferencial da equipe de Milão foi o padrão tático adotado por Mourinho, a entrega de seus jogadores e a incrível estrela do artilheiro Diego Milito – foram dele todos os gols nas duas finais e na rodada decisiva do italiano contra o Siena. Milito fez o gol da vitória de 1 a 0 sobre a Roma na final da Copa da Itália e marcou os dois tentos na grande decisão da Champions League temporada 2009/2010 sobre o favorito Bayern de Munique.

Diego Milito foi eleito o melhor jogador da final da Champions League

Chamado de retranqueiro por parte da imprensa italiana, José Mourinho respondeu aos críticos com títulos. Ciente que não tinha o melhor elenco em mãos, Mourinho armou a Internazionale para jogar nos contra-ataques e criou uma defesa quase intransponível. Lúcio, Samuel, Maicon, Chivu, Zanetti e Cambiasso formaram um muro de proteção diante da meta de Júlio César. Do meio pra frente, com toques curtos e rápidos, Sneijder e Pandev chegavam com perigo ao gol adversário em tabelas com Diego Milito e Samuel Eto’o.

A campanha até a grande final mostra que o título foi mais do merecido, foi incontestável. Na fase de grupos, a Inter se classificou em segundo lugar com nove pontos – duas vitórias, três empates e apenas uma derrota para o poderoso Barcelona de Lionel Messi por 2 a 0. O time ainda não apresentava o equilíbrio entre ataque e defesa que surpreendeu os favoritos no mata-mata: foram seis gols sofridos em seis jogos e apenas sete gols anotados.

Sacrificado pelo esquema tático, Eto'o foi recuado para ajudar na marcação

Nas oitavas-de-final, o primeiro grande desafio contra o Chelsea de Michael Ballack, Frank Lampard e Didier Drogba. A zebra correu solta no Stamford Bridge e a vitória por 2 a 1, fora de casa, deixou a classificação encaminhada. Os dois triunfos sobre o Chelsea chamaram a atenção da imprensa, dos adversários e trouxeram segurança e tranquilidade para a equipe. O CSKA Moscou foi a próxima vítima do estilo de jogo armado por Mourinho e novamente a classificação foi assegurada com duas vitórias.

Quem apostaria que o Barcelona de Messi, Ibrahimovic e Daniel Alves seria eliminado antes da final e pelo limitado time de Mourinho? Apesar da boa vitória por 3 a 1, no primeiro confronto em casa, até os mais fanáticos torcedores temiam enfrentar o Barcelona no Camp Nou. No jogo de ataque contra defesa, a disposição tática da Inter superou a técnica do Barça e a derrota por 1 a 0 foi suficiente para garantir a vaga na final contra o Bayern de Munique.

José Mourinho deu adeus aos torcedores da Inter

José Mourinho, o grande arquiteto da conquista, está de saída e o destino deverá ser mesmo o Real Madrid de Kaká e Cristiano Ronaldo. Diego Mitito, Lúcio, Maicon, Júlio César e Samuel Eto’o voltam o pensamento para a Copa do Mundo na África do Sul, mas com o Mundial de Clubes da Fifa em foco. Maicon interessa ao time madrileno, mas afirma que o desejo é continuar no clube:

– Eu fico na Inter, pois tenho contrato até 2014. Apesar do frio de Milão, eu me sinto bem. Ainda tenho muitas competições para disputar, como Mundial de Clubes e Supercopa Européia. O Mundial é um titulo que falta para o clube e é uma oportunidade de fazer história. Quero sair por cima – prometeu o lateral na coletiva de imprensa após a conquista.

Maicon quer ser campeão do mundo com a seleção e com a Inter

Ficha técnica:

Bayern de Munique 0 x 2 Inter de Milão (22/05/2010)

Bayern de Munique: Butt, Lahm, Demichelis, Van Buyten e Badstuber; Van Bommel, Schweinsteiger, Robben, Müller e Altintop (Klose); Olic (Mario Gomez).

Técnico: Louis Van Gaal.

Internazionale: Julio César, Maicon, Lúcio, Samuel e Chivu (Stankovic); Cambiasso, Zannetti e Sneijder; Eto’o, Pandev (Muntari) e Milito (Materazzi).

Técnico: José Mourinho

Gols: Milito, aos 34 minutos do primeiro tempo e aos 25 minutos do segundo tempo.

Local: Santiago Bernabéu, Madri (ESP).

Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)

Cartões amarelos: Demichellis e Van Bommel (Bayern); Chivu (Inter)

Auxiliares: Michael Mullarkey e Darren Cann (Inglaterra)

Lúcio deu o troco em Van Gaal após ser dispensado na temporada passada