Contra o placar, contra a torcida, contra o juiz…

Não é exagero dizer que a vitória do Botafogo sobre o América-MG representou mais do que os três pontos e a quarta colocação no Campeonato Brasileiro! O time da Estrela Solitária fez justiça ao nome e jogou contra um placar desfavorável, levou 2 a 0 em menos de 10 minutos; não obteve o apoio necessário da torcida para tocar a bola com calma e buscar o resultado; e ainda sofreu com a péssima arbitragem do trio escalado para comandar a partida.

O primeiro gol do América-MG veio num lance de sorte – para os mineiros, é claro! – e o segundo gol nasceu de um contra-ataque, bem articulado, que pegou a defesa desprevenida e que ainda contou com a categoria do Camisa 10 do Coelho ao deslocar Jefferson. Parabéns para eles que souberam aproveitar pequenos momentos de instabilidade da equipe de Caio Júnior, mas ficou aí. O América-MG sentou sobre a vantagem achando que o Botafogo era o Fluminense e que o terceiro gol seria questão de tempo. Bem, não foi.

A torcida não acreditava, o narrador tripudiava e o Sérgio Noronha – ele não aprende! – queimou a língua pela milésima vez ao vaticinar que o Botafogo estava entregue em campo. Não, não senhor, o time não estava entregue e já tinha criado ao menos quatro chances de diminuir o placar quando Elkeson acertou uma bomba da intermediária para fazer um golaço! Golaço! Golaço! Anota aí de novo: Golaço! Golaço! Golaço! O empate quase saiu na primeira etapa, mas se o jogo estava bom iria ficar melhor ainda no segundo tempo.

Herrera jogou bem e foi um tormento para os defensores mineiros!

O Botafogo começou a etapa final encurralando o América-MG no campo de defesa e após perder algumas boas oportunidades chegou ao empate com o Gol Nº 50 do zagueiro-artilheiro Antônio Carlos: uma cabeçada fulminante, mesmo puxado, agarrado e empurrado pela marcação adversária. E o juiz? E o bandeira? Não viram nada. Não viram pênalti em Loco Abreu no primeiro tempo. Não viram as faltas violentas dos volantes mineiros. E não viram a encenação patética do goleiro Neneca que ficou quase três minutos sendo atendido dentro de campo. O nome disso é cera. E os deuses do futebol castigaram a covardia do Coelho.

Caio Júnior sacou o argentino Herrera para a entrada do garoto Alexsander e ouviu gritos de “Burro! Burro!” por parte da inteligente torcida alvinegra. E aí? Alex fez o gol da virada e ainda teve moral para pedir a bola de Elkeson e bater o pênalti sofrido por Cidinho. Sim, sim senhor, o juizinho até que teve peito para assinalar a penalidade máxima que de fato ocorreu. Mas então o jogo já tinha virado para o lado de cá, não? Ah, e o Herrera? Estava gripado, com dor de garganta e jogando no sacrifício. Esse é o Botafogo que eu quero ver: com raça e paixão! Uma vitória para calar os críticos e, infelizmente, para educar a “inteligente” torcida botafoguense.

Vamos, FOGO!

Gooooooooooooool! Antônio Carlos! Zagueiro-artilheiro do Fogão!

Ficha Técnica:

16ª Rodada: Botafogo 4 x 2 América-MG (14/08/2011)

Botafogo: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson e Maicosuel (Cidinho); Herrera (Alex) e Loco Abreu (Felipe Menezes)

Técnico: Caio Júnior

América-MG: Neneca; Otávio (Eliandro), William Rocha e Gabriel Santos; Marcos Rocha, Dudu, Amaral, Rodriguinho e Gilson; Alessandro (Fábio Júnior) e Kempes (Netinho)

Técnico: Givanildo Oliveira

Gols do Botafogo: Elkeson, aos 31 do primeiro tempo, Antônio Carlos, aos 17, e Alex, aos 30 e aos 34 minutos da etapa final

Gols do América-MG: Alessandro, com dois minutos de jogo, e Rodriguinho, aos oito da etapa inicial

Local: Engenhão (RJ) / Público: 13.101 presentes / Renda: R$ 182.925,00

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Cartão Amarelo: Renato e Elkeson (Botafogo), Amaral e Otávio (América-MG)

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

6 Respostas to “Contra o placar, contra a torcida, contra o juiz…”

  1. Saulo Milleri Biral Says:

    O gol do Elkeson no primeiro tempo foi importante e belíssimo. Aquilo foi um tiro.

    Os garotos da base fizeram a diferença, também. O Alex não pode ser reserva!

    O time voltou com mais ânimo no segundo tempo e conseguimos uma virada maravilhosa, que nos coloca muito bem na tabela.

    • christianjafas Says:

      Golaço! Golaço! Golaço! Foi muito gol aquele chute do Elkeson! E olha que não foi o primeiro para falarem por aí que foi sorte!

      O time precisa de banco, precisa de reservas motivados e precisa ter quem mude o panorama de uma partida complicada!

      O Herrera não fez gol, mas não desiste de nenhuma jogada e olha que ele estava gripado! O Loco Abreu mete um medo danado na zaga adversária: um zagueiro na cola e o outro na sobra!

      Temos um ótimo time e um bom elenco. Acredito que vamos longe na Sul-Americana (eu quero o título) e que ficaremos entre os 4 primeiros no BR-11!

      Vamos, FOGO!

  2. Dani Muzi Says:

    Tive o prazer de assistir esse jogo incrível! Elkeson fez um gol de placa e o Alexsander ar-ra-sou! Herrera jogou muito, apanhou calado e jogou doente, nota 10 para ele também. Aliás, como ele joga bem ao lado do Loquito, né. É como se fossem Lennon e McCartney. E a torcida engoliu essa!!!! Muito bom!

    Alguém deveria vigiar a arbitragem… por um momento achei que era uma partida com lutadores da MMA. Lamentável ver os nossos jogadores apanharem tanto assim. Assim como foi lamentável ouvir a torcida gritar “Uh Herrrera” após a saída sangrenta do jogador atleticano. Ainda bem que o argentino não teve nada a ver com isso. Foi um acidente de trabalho.

    Tudo azul aqui no G4! E para você, Christian?

    • christianjafas Says:

      Pois é, os gols do América-MG aconteceram muito rápido e a equipe teve tempo para assimilar e conseguir a virada.

      O elenco começa a aparecer agora. Teremos uma batalha pela frente, já nesta quarta: Internacional no Beira-Rio!

      Vamos, FOGO!

  3. Welbert Says:

    De virada é mais gostoso!

  4. Contra o placar, contra a torcida, contra o juiz… | Notícias / ZiiPe Says:

    […] mais: Contra o placar, contra a torcida, contra o juiz… Esta entrada foi publicada em Botafogo, Esporte, Fluminense, Futebol e marcada com a tag […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: