Sem essa de respeitar o adversário!

Jogar em Curitiba, no Estádio Durval de Brito, é sempre complicado e as condições do gramado não eram as ideais para uma equipe leve e de bom toque de bola como a do Botafogo. Quando tudo indicava o contrário e o empate podia até ser visto como um bom resultado, eis que Caio Júnior decide tirar um volante e colocar um atacante logo na virada do intervalo. Sorte minha conhecer os jogadores alvinegros ou não acreditaria realmente que Willian, um garoto da base, estava entrando no lugar de Rodrigo Mancha – que já tinha um cartão amarelo e corria o risco de expulsão. Certamente isso nunca aconteceria na “Era Joel Santana”.

Os jogadores são os mesmos e o esquema tático semelhante, então o que mudou em tão pouco tempo? Na primeira etapa, o Botafogo não esperou o Paraná atacar para jogar no contra-ataque. O Botafogo não jogou como Bangu. O Botafogo jogou como Botafogo. E mesmo com todas as limitações do elenco, e elas são muitas, vimos que atacar é mesmo a melhor defesa.

No lugar certo, na hora certa! Willian faz o gol da vitória alvinegra!

O Botafogo não pode temer um adversário como o River Plate de Sergipe e não pode pensar em empatar com o modesto Paraná. O respeito, tão pregado em tempos politicamente corretos, deve ser usado nas entrevistas e nos bastidores, antes da partida, pois em campo o Botafogo tem que se impor como um dos maiores uniformes do futebol mundial.

A Estrela Solitária ajudou o Brasil a se tornar Tricampeão Mundial em 1958, 1962 e 1970 e quem entra em campo com a camisa alvinegra precisa conhecer e, aí sim, respeitar essa história. Quem deve respeitar o Botafogo é o Paraná. Quem deve temer algo é o torcedor paranista. Camisa não ganha jogo, mas paga salário, contrata jogador e faz milhões ostentarem mundo afora o amor por um clube de futebol.

Alessandro jogou com garra e venceu quase todas as disputas pela direita!

Não sei se Caio Júnior irá ser campeão pelo Botafogo como foi Joel Santana, e por duas vezes, ou irá cair quando os títulos não vierem, como aconteceu na “Era Cuca” que jogava bonito, sempre atacando e que venceu apenas duas edições da Taça Rio (2007 e 2008).

Só sei que nesse momento, nesse exato momento, a torcida precisa de um treinador como o Cuca, que goste de atacar e, curiosamente, entramos na famosa superstição alvinegra, já que Caio Júnior também jogava como meia-atacante como o Alexis Stival fazia no Grêmio. Ter três atacantes em campo sem o time estar perdendo… fiquei até emocionado! A Copa do Brasil desse ano está muito disputada e o caminho até a final será uma pedreira, mas jogando dessa forma podemos ao menos sonhar com essa conquista inédita para o clube.

Vamos, FOGO!

Fahel mostra que pode ser um bom reserva para o meio de campo!

Copa do Brasil

Segunda Fase – Jogo 01: Paraná 1 x 2 Botafogo (30/03/2011)

Paraná: Thiago Rodrigues; Paulo Henrique, Luciano Castán, Rodrigo Defendi e Henrique (Luisinho); Anderson, Camargo, Lima (Marquinhos) e Kelvin; Diego (Ricardinho) e Léo

Técnico: Ricardo Pinto

Botafogo: Jefferson, Alessandro, Antônio Carlos, Márcio Rosário e Márcio Azevedo (Fahel); Rodrigo Mancha (William), Marcelo Mattos, Somália e Everton; Caio (Cidinho) e Herrera

Técnico: Caio Júnior

Gol do Paraná: Rodrigo Defendi, aos 18 minutos do primeiro tempo

Gols do Botafogo: Antônio Carlos, aos 17 minutos da etapa inicial e Willian, aos 2 minutos do segundo tempo

Local: Durval Brito (PR) / Público: presentes / Renda: R$ 74.900,00

Árbitro: Elmo Alves Resende

Cartão Amarelo: Henrique e Luciano Castán (Paraná); Rodrigo Mancha, Somália e Alessandro (Botafogo)

Cartão Vermelho: Luiz Camargo (Paraná) e Somália (Botafogo)

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

2 Respostas to “Sem essa de respeitar o adversário!”

  1. Papagaionet Says:

    Muito bom o texto ! Isso aí, essa camisa tem que ser respeitada, na Copa do Brasil há de se jogar com honra.

    • christianjafas Says:

      Temos que jogar como Botafogo!

      Temos que jogar como um dos 12 maiores clubes do mundo!

      Temos que lembrar das seleções de 61/62 e 67/68!

      Vamos, FOGO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: