Vitória MAIÚSCULA!

Quase trinta mil pessoas estiveram no Engenhão, neste sábado, para ver um Botafogo diferente, mas muito diferente mesmo do time afobado e sem criatividade dos últimos meses. Parece que a simples presença de Maicosuel em campo é capaz de fazer time e torcida acreditarem na vitória! Será magia? Não, não se trata de magia e sim de trabalho, muito trabalho.

O comprometimento dos jogadores com a marcação foi impressionante e os erros defensivos foram quase zero, se tirarmos uma bobagem ou outra. O Atlético-MG está na zona de rebaixamento, mas não é um time ruim, Vanderlei Luxemburgo é um grande treinador e o ataque mineiro impõe respeito com Diego Tardelli e Obina. Duvida? Perdemos um título carioca para esses indivíduos!

Joel Santana escondeu a escalação para atrapalhar Luxemburgo, mas o que complicou mesmo a vida do Galo foi a raça e a vontade da equipe alvinegra. Empurrados pela torcida, os jogadores se multiplicaram em campo e fizeram uma partida perfeita tática e tecnicamente. Fábio Ferreira e Danny Moraes mostraram entrosamento, persistência e cometeram poucas faltas na partida.

A defesa continuou com três zagueiros, mas Leandro Guerreiro tem um senso de cobertura infinitamente superior ao do Fahel e sabe exatamente quando deve abandonar a zaga para compor o meio de campo. Os laterais Marcelo Cordeiro e Alessandro – era ele mesmo?! – apoiavam o ataque e voltavam para fechar a defesa de forma impecável.

É preciso destacar que Marcelo Mattos se encaixou perfeitamente no esquema tático proposto por Joel, pois marca de forma incansável e tem muita qualidade na saída de jogo. Foi uma bela contratação da diretoria e dificilmente deixará de ser titular formando com Guerreiro uma barreira na frente da área alvinegra.

Somália é só alegria: Grande atuação, muita raça e mais um gol na conta!

E o Somália com a camisa 10? Parecia feita sob medida pra ele. O filho predileto do treinador fez de tudo um pouco: fechou o lado esquerdo, fez bons lançamentos, arrancou com a bola nos pés e anotou o gol que tirou os jogadores mineiros do sério! Vai ficar muito difícil ver o Lucio Flavio com essa 10 outra vez!

Com o sistema defensivo arrumado, a equipe ficou segura para atacar com cinco, seis jogadores ao mesmo tempo. Velocidade, tabelas, lançamentos precisos, passes rápidos… Era mesmo o Botafogo? Não, não senhor, esse é o Botafogo do Maicosuel que mostrou, mesmo sem ritmo de jogo, que é realmente um jogador diferenciado. Ao fim do jogo, o camisa 7 falou sobre o crescimento do time:

– Os caras pedem para ter os pés no chão, mas não tem jeito. Eu vou lutar para ser campeão. Falo isso desde quando cheguei aqui, quando a gente estava há oito jogos sem ganhar. O nosso elenco é muito forte. É só ver quem ficou do lado de fora hoje contra o Atlético-MG. Confio muito neste elenco – teorizou o Mago.

Maicosuel e a torcida do Fogão: Caso de amor à primeira vista!

As opções ofensivas à disposição do Joel são inúmeras: Maicosuel, Herrera, Jóbson, Loco Abreu, Caio, Edno, Renato, Lucio Flavio, Túlio Souza e por aí vai. O treinador poderá mudar o esquema tático com apenas uma mexida ou entrar em campo com diversas formações ofensivas para surpreender o adversário.

O que surpreendeu o Atlético-MG foi o incrível entrosamento entre Maicosuel, Herrera e Jóbson. O argentino mostrou a habitual raça e desencantou cobrando a penalidade com eficiência, além de ter participado dos outros dois gols da noite. Jóbson e Maicosuel não desistem de nenhuma jogada e, com a ajuda de Herrera, infernizaram a zaga mineira obrigando Fábio Costa a apelar para os chutões.

Para a alegria geral da torcida, Joel, malandro, lançou Loco Abreu no fim, no lugar do Mago, quando a vitória já estava garantida e quem sabe apostando numa cabeçada certeira do uruguaio? Abreu não teve tempo e quase não tocou na bola, mas viu Jefferson fazer uma defesa sensacional em chute de Diego Tardelli. Defesa de goleiro de seleção brasileira!

Na saída do estádio quase cheio, apenas cantoria e alegria, nada de tumulto, empurra-empurra e tentativa de assalto. Afinal, essa é a torcida do Botafogo! O Botafogo de Maicosuel, Herrera, Jóbson, Loco Abreu, Jefferson, Somália…

Raça argentina: Herrera teve o nome gritado pela torcida alvinegra!

Ficha Técnica:

13ª Rodada: Botafogo 3 x 0 Atlético-MG (07/08/2010)

Botafogo: Jefferson; Danny Morais, Fábio Ferreira e Leandro Guerreiro; Alessandro, Marcelo Mattos (Caio), Somália, Maicosuel (Loco Abreu) e Marcelo Cordeiro; Herrera (Edno) e Jóbson

Técnico: Joel Santana

Atlético-MG: Fábio Costa; Diego Macedo, Cáceres, Werley e Fernandinho; Zé Luís, Serginho (Ricardinho), João Pedro e Diego Souza (Jackson); Diego Tardelli e Obina (Ricardo Bueno)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Gols do Botafogo: Maicosuel, aos 31, e Somália, aos 41 minutos da etapa inicial. Herrera, de pênalti, aos 25 minutos do segundo tempo.

Local: Engenhão (RJ) / Público: 27.576 / Renda: R$ 552.710,00

Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)

Cartão Amarelo: Danny Morais (Botafogo); Zé Luís, Diego Macedo e Diego Souza (Atlético-MG)

Crédito das fotos: Gilvan de Souza do Lancenet!

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

11 Respostas to “Vitória MAIÚSCULA!”

  1. André Says:

    Depois deste jogo acho que entendi algumas coisas.
    1- o Botafogo estava jogando com 2 a menos, pois Lucio Flavio e Fahel (um por posicionamento e outro por ruindade mesmo) estavam atrapalhando.
    2- Leandro Guerreiro Só pode jogar de 1º volante, um 3º zagueiro ou libero nunca no meio mesmo, é muito lento e não sabe chutar de longe.
    3- Não tem como Louco Abreu entrar neste time como titular, ele é um jogador que obriga o time a usar muito os laterais e isto não é para o botafogo com Alessandro ( o Cordeiro até tenta). Além disso não sei como tirar o Jobson ou o Herrera que dão muita mobilidade e abrem muito espaço para o Maiconsuel entrar pelo meio.
    4 – Somália é bom mesmo e incansavel, marca muito bem e tem um passe razoavel.

    • christianjafas Says:

      Pois é, esse é um novo Botafogo. E não só é um time melhor, mas um elenco melhor.

      Não dá para vencer o Brasileirão com um bom time! É preciso ter elenco. Já tivemos bons times com o Dodô, Zé Roberto, Lucio Flavio, Joílson, Túlio, Diguinho e Juninho.

      Mas bastava alguém tomar o cartão vermelho ou ter uma lesão para o pânico se instaurar!

      Agora nós temos time e elenco! O Joel pode montar a equipe de acordo com a situação de jogo!

      Maicosuel, Herrera, Loco Abreu, Jóbson, Caio, Edno, Lucio Flavio, Renato Cajá, Túlio Souza… são opções ofensivas para a equipe.

      Leandro Guerreiro, Marcelo Mattos e Somália ainda sabem tocar a bola e sair para o jogo.

      O Joel mostrou que com um elenco nas mãos sabe montar um grande time.

      Vamos que vamos!!!

    • christianjafas Says:

      1_ O Fahel é lento, não sabe onde se colocar no esquema com três zagueiros, mas pode entrar no decorrer das partidas se necessário.

      E ele gosta de jogar “caçando o adversário”, ou seja, fazendo uma marcação especial. Sem a pressão de ser titular ele pode render. Quem sabe.

      2_ O Lucio Flavio jogou quase cinco meses sozinho na armação das jogadas. O técnico adversário coloca alguém nele e matava a criatividade do meio de campo.

      3_ O Loco vai entrar como jogador de referência em estádios com o gramado ruim, sem possibilidade de toque de bola, ou quando o time estiver no sufoco. Joga a bola na área.

      4_ O Somália tem muito pulmão! Ele perde uma jogada e vai atrás até recuperar ou colocar a bola pra lateral. E jogar com Maiocosuel e Jóbson dando opção é uma mordomia!

  2. saulo Says:

    Foi um dos melhores jogos do Botafogo que já vi até agora. Foi um futebol de objetividade. Foi realmente um show de bola pra cima do galinho.

    E se continuar jogando dessa maneira tenho certeza que vamos brigar pela vaga na Libertadores ou quem sabe no título ainda.

    • christianjafas Says:

      Saulo,

      Acredito que é possível brigar pela Libertadores e até pelo título. Esse foi a 13º rodada! Não estamos nem na metade do BR-10!

      Faltam 25 jogos a serem disputados!

      Espero pelo confronto entre Maicosuel e o camisa 6 do time da Gávea!!!!!

  3. Marcos Vinicius Says:

    “A internet não tem limites e acho que a Lei de Censura irá voltar para calar a boca dos blogueiros!!!”

    Também acho meu caro. Alias o projeto do Senador Azeredo tenta exatamente aprovar a criminalização da internet, que nada mais é que uma lei da mordaça e intimidação aos blogueiros.

    Lei da mordaça na internet:
    http://shogunidades.blogspot.com/2010/07/lei-da-mordaca-na-internet_31.html

    • christianjafas Says:

      Não é?

      Um terreno livre como esse, internet, é um perigo para quem tem rabo preso!

      Espero que a imprensa entenda a necessidade de apoiar os blogueiros contra essa nova lei.

  4. christianjafas Says:

    Resultado do Faturamento BOTAFOGO 3 X 0 ATLÉTICO-MG:

    Ingressos vendidos: 24.154 / Público presente: 27.576

    Renda: (+) R$ 552.710,00

    Despesas: (-) R$ 229.869,94

    Retenções: (-) R$ 1.389,06

    Resultado: (=) R$ 322.840,06

    Despesa Posto Médico: (-) R$ 48.816,00

    Penhora Judicial: (-) R$ 137.700,48

    Saldo: (=) R$ 136.323,58

    Fonte: http://www.botafogo.com.br/institucional_borderos.asp

    Para ver como foram os outros jogos clique:

    https://generalseveriano.wordpress.com/2010/07/28/quanto-vale-o-engenhao/

  5. Marcos Vinicius Says:

    Cinthya Chanta – Internazionale

    http://musasfutebol.blogspot.com/2010/08/cinthya-chanta-internazionale.html

  6. paola Says:

    vc é meu idolo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: