Robben + Sneijder = bom futebol!

Arjen Robben: esse sabe tratar a Jabulani com carinho!

O técnico holandês Bert van Marwijk estava esperando por Arjen Robben, a torcida holandesa queria ver Robben em ação e até Sneijder, finalmente, encontrou alguém para dialogar no meio de campo laranja. A Holanda ataca em peso e defende em bloco, parece uma massa laranja e compacta.

A marcação começa na saída de bola adversária com Van Persie, Robben, Sneidjer e Kuyt. Qualquer descuido resulta em rápido contra-ataque com três, quatro, cinco holandeses e os passes precisos de Sneijder agora encontram os pés de Robben.

A seleção holandesa dominou completamente o primeiro tempo e podia ter resolvido a classificação em lances individuais da dupla Robben-Sneijder, mas o goleiro Mucha não entrou em campo para ser um mero expectador e fez questão de sujar o uniforme. Só não teve como evitar o belo gol de Robben, após um passe milimétrico de Sneijder.

Robben em ação: jogada tradicional e bola na rede!

A pressão holandesa não resultou em bola na rede e o intervalo fez bem aos eslovacos que voltaram com mais disposição para a etapa final ou, quem sabe, acreditando que outra zebra era possível, afinal não estamos na África?

A Eslováquia eliminou a Itália do mundial contado com os gols de Vittek. Mas nessa tarde o artilheiro eslovaco demorou a brilhar e desperdiçou duas boas chances, dentro da área, quando a Holanda vencia por 1 a 0 e buscava apenas o contra-ataque.

O jogo estava aberto, mas as duas equipes falhavam na hora do arremate e somente aos 39 minutos Sneijder fez o gol da tranquilidade holandesa. Ainda teve tempo para Vittek sofrer e cobrar um pênalti aos 48, mas a sorte já estava lançada: Holanda 2 x 1 Eslováquia.

Os holandeses cruzam o caminho do Brasil e de Dunga mais uma vez.

Sneijder + Robben = preocupação para Lúcio e Juan!

Ficha técnica:

Holanda 2 X 1 Eslováquia

Holanda: Stekelenburg, Van der Wiel, Hitinga, Mathijsen e Van Bronckhorst; Van Bommel, De Jong e Sneijder; Kuyt, Van Persie (Huntelaar) e Robben (Elia)

Técnico: Bert van Marwijk

Eslováquia: Mucha; Pekarik, Skrtel, Durica e Zabavnik (Jakubko): Kucka, Stoch, Weiss e Hamsik (Sapara); Jendrisek (Kopunek) e Vittek

Técnico: Vladimir Weiss

Gols da Holanda: Robben, aos 18 minutos iniciais, e Sneijder, aos 39 da etapa final

Gol da Eslováquia: Vittek, de pênalti, aos 48 minutos do segundo tempo

Estádio: Moses Madhida, em Durban

Data/hora: 28/06/2010 – 11h (de Brasília)

Árbitro: Alberto Undiano (ESP)

Auxiliares: Fermin Martinez (ESP) e Juan Carlos Yuste Jimenez (ESP)

Cartão Amarelo: Robben, Stekelenburg (HOL), Kucka, Kopunek e Skrtel (ESL)

As holandesas eram só felicidade no estádio Moses Madhida, em Durban

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: