Gana é o orgulho africano!

Golaço de Gyan! O gol da classificação de Gana!

O técnico Bob Bradley disse na entrevista coletiva durante a semana que Gana jogaria pelo continente africano e que seriam todos contra os norte-americanos. Os jogadores ganeses não precisavam de incentivo extra para buscar a inédita classificação para as quartas de final da Copa do Mundo! A campanha de Gana na fase de grupos foi regular, estreou com vitória sobre a Sérvia, 1 a 0, depois ficou no 1 a 1 com a Austrália e mesmo a derrota, por 1 a 0, para a Alemanha não tirou a moral da equipe do técnico Milovan Rajevac.

A seleção de Gana é limitada, sabe disso e aposta nos contra-ataques para decidir as partidas. Contra os norte-americanos o roteiro não se alterou. Clark teve a bola roubada no meio de campo, Boateng avançou em velocidade, ganhou dos zagueiros e bateu na saída de Howard, e isso aos cinco minutos de jogo. Era tudo o que Rajevac queria e tudo o que Bob Bradley sabia que não podia acontecer.

Boateng faz grande jogada e abre o placar para Gana!

O técnico norte-americano não se ateve as convenções e sacou Clark aos 30 minutos do primeiro tempo, algo pouco comum no futebol, mas bem dentro do espírito dos jogos coletivos nos Estados Unidos. O panorama não se alterou e Gana desperdiçou boas chances de gol antes de ir para o vestiário.

A postura estadunidense mudou no segundo tempo. Bradley, Donovan, Dempsey e Findley envolviam a defesa ganesa com toques rápidos e esbarravam na bela atuação do arqueiro Kingson. Aos 17 minutos, Dempsey saiu driblando e limpando a defesa de Gana até ser derrubado na área, pênalti indiscutível. Donovan cobrou com categoria e empatou o jogo.

Tinha que ser de pênalti! Só assim para vencer o goleiro Kingson!

Apesar da vontade dos dois treinadores que mandou as equipes para o ataque, o placar ficou no 1 a 1 e a decisão da vaga foi para a prorrogação: dois tempos de quinze! Gana só precisou de 3 minutos para ficar em vantagem! Kingson deu um chutão para frente, a Jabulani viajou até a intermediária, Asamoah Gyan dominou na força, disparou em velocidade, venceu Cherundol no jogo de corpo, invadiu a área e soltou uma bomba de perna esquerda!

Golaço de Gyan! Golaço de Gana! Golaço da classificação! Festa nas arquibancadas, festa nas ruas da África do Sul, festa em Gana e festa no continente africano!

Esse foi o terceiro gol de Gyan, um dos artilheiros do mundial ao lado de David Villa (Espanha), Donovan (Estados Unidos), Higuain (Argentina), Suárez (Uruguai) e Vittek (Eslováquia).

Howard se estica todo, mas era impossível pegar o foguete de Gyan!

Ficha técnica:

Estados Unidos 1 X 2 Gana

Estados Unidos: Howard, Cherundolo, DeMerit, Bocanegra e Bornstein; Michael Bradley, Clark (Edu), Dempsey e Donovan; Altidore (Gomez) e Findley (Feilhaber)

Técnico: Bob Bradley

Gana: Kingson, Inkoom (Muntari), Pantsil, John Mensah, Jonathan Mensah e Sarpei (Addy); Annan e Kevin-Prince Boateng (Appiah); Kwadwo Asamoah, Ayew e Asamoah Gyan

Técnico: Milovan Rajevac

Gol dos Estados Unidos: Donovan, aos 17 minutos do segundo tempo

Gols de Gana: Boateng, aos 5 minutos iniciais, e Gyan aos 3 minutos do 1º tempo da prorrogação

Estádio: Royal Bafokeng, Rustemburgo

Data/hora: 26/06/2010 – 15h30m (de Brasília)

Árbitro: Viktor Kassai (HUN)

Auxiliares: Gabor Eros (HUN) e Tibor Vamos (HUN)

Cartão Amarelo: Clark, Cherundolo, Bocanegra (EUA), Ayew e Jonathan Mensah (GAN)

Asamoah Gyan: "Sou o homem mais feliz do mundo!"

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: