Alemanha erra muito e perde para a Sérvia

Jovanovic bate de primeira e faz 1 a 0 para a Sérvia

Miroslav Klose, polonês que se diz alemão, sonha em ser artilheiro do mundial e ultrapassar Ronaldo como o maior goleador da história da Copa do Mundo. O polonês-alemão-cabeceador já fez 1 gol nesta edição do torneio e tem 11 no total, quatro a menos do que o brasileiro gordinho que anotou 15 gols em jogos de Copa. Para o atacante alemão atingir essa marca histórica ele precisa estar em campo e sua seleção precisa jogar muito bem para passar de fase, já que nesta ele não joga mais.

A surpreendente derrota dos alemães para a Sérvia complicou a vida de Klose, mas podemos dizer que ele teve participação decisiva no resultado ao ser expulso de forma infantil ainda no primeiro tempo. Quem não deve ter dormido com a consciência tranquila é o camisa 10 alemão Podolski que desperdiçou um pênalti e jogou fora a chance de empatar a partida.

O goleiro Stojkovic agarra a Jabulani e não dá rebote

Por enquanto as grandes seleções estão decepcionando na Copa do Mundo 2010. Os alemães golearam na primeira rodada, mas desandaram contra a Sérvia; os franceses não fizeram um golzinho sequer em dois jogos; os ingleses não sabem o que é vencer e podem ser eliminados ainda na primeira fase; a Holanda venceu os dois jogos, lidera o grupo, mas não empolgou a torcida; os italianos empataram na estreia jogando muito mal; os espanhóis perderam para a Suíça por 1 a 0 e ficou barato; Brasil, Portugal e Costa do Marfim apresentaram um jogo lento e sem inspiração.

Dos candidatos ao título, apenas a Argentina de Diego Maradona jogou de forma convincente nos dois jogos disputados e ainda conseguiu um bom 4 a 1 sobre a Coréia do Sul. Messi, Tevez e Higuaín formam um trio ofensivo poderoso e se Don Diego arrumar a defesa, os argentinos podem caminhar sem grande perigo até a final.

Podolski não acredita que perdeu pênalti em Copa do Mundo

Ficha técnica:

Alemanha 0 X 1 Sérvia

Alemanha: Neuer; Lahm, Friedrich, Mertesacker e Badstuber (Mario Gómez); Khedira, Schweinsteiger, Müller (Cacau), Özil (Marin) e Podolski; Klose

Técnico: Joachim Löw

Sérvia: Stojkovic; Ivanovic, Subotic, Vidic e Kolarov; Kuzmanovic (Petrovic), Ninkovic (Kacar), Stankovic, Krasic e Jovanovic (Lazovic); Zigic

Técnico: Radomir Antic

Gol da Sérvia: Jovanovic, aos 38 minutos da etapa inicial

Estádio: Nelson Mandela Bay, Porto Elizabeth

Data/hora: 18/06/2010 – 8h30m (de Brasília)

Árbitro: Alberto Undiano (ESP)

Auxiliares: Fermin Martinez (ESP) e Juan Carlos Yuste Jimenez (ESP)

Cartão Amarelo: Khedira, Lahm, Schweinsteiger (ALE), Kolarov, Vidic, Subotic e Ivanovic (SER)

Cartão Vermelho: Klose (ALE)

Austrália com um a menos segura empate “com Gana”

Como vemos na foto, a Jabulani foi tratada com muito carinho!

A seleção de Gana poderia ser a primeira já classificada para a próxima fase do mundial, para isso bastava uma vitória diante da fraca Austrália, no jogo de hoje, válido pela segunda rodada da competição. Os australianos saíram na frente, aos 11 minutos iniciais, após falha infantil de Kingston que “bateu-roupa” e soltou a Jabulani aos pés de Holman. Gana não se entregou e buscou o gol de empate que veio logo depois, aos 25 minutos, em cobrança de pênalti perfeita de Gyan – segunda penalidade máxima apontada a favor de Gana e segundo gol de Gyan no mundial.

Atenção! Verde e amarelo, mas não é o Brasil!

Era possível imaginar que a situação australiana ficaria insustentável, já que Kewell, considerado o melhor jogador da equipe, colocou o braço na bola no lance que originou a penalidade e levou o cartão vermelho, mas a esperada pressão não aconteceu. Gana ficou com um homem a mais em campo desde os 25 minutos iniciais e não foi capaz de transformar a superioridade numérica em gols, e pior, quase foi surpreendida pelos contra-ataques australianos. Um empate a ser lamentado por Gana, mas que deve ser muito comemorado pela Austrália que ainda mantém viva a esperança pela classificação.

Garoto bom de pênalti! Gyan convertou duas penalidades para Gana

Classificação do Grupo D:

Seleção Pontos Jogos Vitória Empate Derrota GP GC Saldo
Gana 4 2 1 1 0 2 1 1
Alemanha 3 2 1 0 1 4 1 3
Sérvia 3 2 1 0 1 1 1 0
Austrália 1 2 0 1 1 1 5 -4

Ficha técnica:

Gana 1 X 1 Austrália

Gana: Kingson; Pantsil, Jonathan, Addy e Sarpei; Annan, Kevin-Prince Boateng (Amoah), Tagoe (Owusu-Abeyie), Kwadwo Asamoah (Muntari) e Ayew; Gyan

Técnico: Milovan Rajevac

Austrália: Schwarzer; Wilkshire (Rukavytsya), Neill, Moore e Carney; Culina, Valeri, Emerton, Holman (Kennedy) e Bresciano (Chipperfield); Kewell

Técnico: Pim Verbeek

Gol de Gana: Gyan, de pênalti, aos 25 minutos iniciais

Gol da Austrália: Holman aos 11 minutos do primeiro tempo

Estádio: Royal Bafokeng, Rustemburgo

Data/hora: 19/06/2010 – 11h (de Brasília)

Árbitro: Roberto Rosetti (ITA)

Auxiliares: Paolo Calcagno (ITA) e Stefano Ayroldi (ITA)

Cartão Amarelo: Addy, Annan, Jonathan (GAN) e Moore (AUS)

Cartão Vermelho: Kewell (AUS)

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: