Frangos deixam a Eslovênia na ponta do Grupo C

Robert Green e o primeiro frangaço da Copa do Mundo 2010!

A poderosa equipe da Eslovênia lidera o Grupo C na frente de Inglaterra, Estados Unidos e Argélia! A notícia deve ter derrubado as bolsas de apostas espalhadas pelo mundo e deixado os cabelos da Rainha Elizabeth arrepiados! No dia dos namorados faltou amor e carinho entre o goleiro Green da Inglaterra e a indomável Jabulani, mas não dá para colocar a culpa do frango na coitada da bola.

O time inglês começou o jogo de forma arrasadora e abriu o placar logo aos quatro minutos numa jogada bem tramada. Lampard tentou forçar o passe para Rooney na entrada da área, a bola acabou sobrando para Heskey que percebeu Gerrard avançando nas costas da zaga norte-americana, o capitão dominou e tocou, sem chances, na saída do goleiro Howard.

A partida seguia com domínio inglês até que aos 40 minutos, numa jogada despretensiosa, o meio-campo norte-americano Dempsey escapa de um zagueiro e bate fraco para a fácil defesa de Green, Ops! Fácil? O guarda-metas inglês vai todo errado no lance, fica com as penas do franco nas luvas e assiste a Jabulani ultrapassar lentamente a linha do gol. Desespero em campo e fora dele, o treinador Fábio Capello não sabe para onde olhar e David Beckham, agora integrante da comissão técnica, faz uma careta atrás da outra.

Rooney correu, lutou, mas não conseguiu tirar o peso das costas do goleirão

A conversa no intervalo não deve ter sido muito agradável! A Inglaterra voltou melhor, procurou a vantagem no placar com Rooney, Peter Crouch, Lampard, Gerrard, mas ninguém conseguiu livrar a cara do coitado do Green. Do outro lado, eleito o melhor em campo pela Fifa, o goleiro Howard – que deve ter posto as barbas de molho – não dava chance para o azar e jogava a Jabulani para bem longe do gol norte-americano. Decepção entre os ingleses e festa na terra do Tio Sam quando Carlos Eugênio Simon apitou o fim de jogo.

Ficha técnica:

Inglaterra 1 X 1 Estados Unidos

Inglaterra: Green; Johnson, Terry, King (Carragher) e Ashley Cole; Lampard, Gerrard, Lennon e Milner (Wright-Phillips); Rooney e Heskey (Crouch)

Técnico: Fábio Capello

Estados Unidos: Howard; Cherundolo, Demerit, Onyewu e Bocanegra; Bradley, Clark, Dempsey e Donovan; Altidore (Holden) e Findley (Buddle)

Técnico: Bob Bradley

Gol da Inglaterra: Gerrard aos quatro da etapa inicial

Gol dos Estados Unidos: Dempsey aos 40 do primeiro tempo

Estádio: Royal Bafokeng, Rustemburgo

Data/hora: 12/06/2010 – 15h30m (de Brasília)

Árbitro: Carlos Eugênio Simon (BRA)

Auxiliares: Altemir Hausmann (BRA) e Roberto Braatz (BRA)

Cartão Amarelo: Milner, Carragher, Gerrard (ING), Demerit, Findley e Cherundolo (EUA)

Eslovênia conta com a sorte e vence na estreia!

O craque francês Zinedine Zidane não acredita no que está vendo em campo

Não sei quem acordou cedo no domingo para assistir ao confronto entre Argélia e Eslovênia, mas garanto que quem preferiu ficar domingo levou vantagem! A Argélia não participava de mundiais desde a Copa de 86 e até o craque francês Zinedine Zidane, descendente de argelinos, esteve entre os 30.325 espectadores que foram prestigiar esse jogão de bola!

Nada de relevante aconteceu no primeiro tempo e nem mesmo a expulsão infantil do atacante Guezzal, aos 27 minutos da etapa final, deu mais dinamismo ao jogo. Então, quando tudo parecia se encaminhar para outro 0 a 0 na Copa, o goleiro argelino resolveu colaborar com a festa. Aos 36 minutos, o meia Koren bateu de fora da área, Chaouchi tentou encaixar e levou o segundo frangaço da Copa do Mundo 2010!

Num jogo tão equilibrado, para ser educado, nenhum dos times teve forças para mais nada e o resultado garantiu a primeira vitória da Eslovênia em mundiais, três pontos na conta e a liderança provisória do Grupo C. O encontro entre os goleiros Green e Chaouchi, na próxima rodada, será imprevisível, isso é, se eles ainda forem titulares até lá.

Chaouchi e o frangaço clássico: sem culpa para a Jabulani

Ficha técnica:

Argélia 0 X 1 Eslovênia

Argélia: Chaouchi; Yahia, Halliche e Bougherra; Belhadj, Yebda, Lacen, Kadir (Guedioura) e Ziani; Djebbour (Ghezzal) e Matmour (Saifi)

Técnico: Rabah Saadane

Eslovênia: Handanovic; Brecko, Suler, Cesar e Jokic; Radosavljevic (Komac), Koren, Kirm e Birsa (Pecnik); Dedic (Lujbijankic) e Novakovic

Técnico: Matjaz Kek

Gol da Eslovênia: Koren aos 36 minutos da etapa final

Estádio: Peter Mokaba, em Polokwane

Data/hora: 13/06/2010 – 8h30m (de Brasília)

Árbitro: Carlos Batres (GUA)

Auxiliares: Leonel Leal (CRC) e Carlos Pastrana (HON)

Cartão Amarelo: Ghezzal e Yebda (ARG); Radosavljevic e Komac (ESL)

Cartão Vermelho: Ghezzal (ARG)

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: