Uruguai 0 x 0 França

Henry entrou na segunda etapa e teve atuação apagada

Equilíbrio total na primeira rodada do Grupo A. Uruguaios e franceses não saíram do zero a zero no belo estádio Green Point, na Cidade do Cabo. A França tomou a iniciativa da partida e chegou a perder duas boas chances antes da Celeste Olímpica conseguir anular as principais jogadas do ataque francês.

A equipe de Raymond Domenech entrou em campo com uma formação nada ousada e apenas Anelka se mantinha entre os zagueiros uruguaios. O primeiro tempo foi arrastado, com poucas chances de gol e muita marcação no meio-campo.

O Uruguai voltou mais disposto na segunda etapa e Diego Fórlan, sozinho, perdeu um gol incrível da marca do pênalti. Animado com a melhora do time, o técnico Oscar Tabárez lançou Loco Abreu, para aproveitar a bola cruzada na área, e o jovem Nicolas Lodeiro, para auxiliar Fórlan na armação das jogadas.

Mas a revelação da seleção Sub-20 ficou apenas vinte minutos em campo, tempo suficiente para cometer duas faltas desnecessárias, levar o cartão vermelho e deixar a torcida uruguaia desesperada. Foi só nesse momento que a França acordou e resolveu pressionar em busca da vitória.

Domenech abriu o time, colocando Gignac e Malouda para fazer companhia a Thierri Henry no comando de ataque, mas a pressão francesa não teve forças para furar a retranca armada pelos jogadores uruguaios que esperavam ansiosamente pelo apito final.

Aos 48 minutos, falta frontal assinalada e última chance para a França assumir a liderança do grupo. Henry cobrou com estilo, mas Abreu, bem posicionado, afastou o perigo e garantiu o empate na estreia.

Palpites & Pitacos do O Glorioso na Copa:

Grupo A: 1ª Rodada

África do Sul 1 x 1 México

= Acertei o resultado, mas errei o placar de 2 a 2

Uruguai 0 x 0 França

= Acertei o resultado, mas errei o placar de 1 a 1

Abreu salvou o Uruguai em cobrança de falta de Henry no último minuto

Ficha Técnica:

Uruguai 0 X 0 França

Uruguai: Muslera; Victorino, Lugano e Godín; Maxi Pereira, Diego Pérez (Eguren), Arévalo, Ignacio González (Nicolas Lodeiro) e Álvaro Pereira; Luis Suárez (Sebástian Abreu) e Forlán

Técnico: Óscar Tabárez

França: Lloris; Sagna, Gallas, Abidal e Evra; Toulalan, Diaby, Gourcuff (Malouda) e Govou (Gisnac); Ribéry e Anelka (Henry)

Técnico: Raymond Domenech

Estádio: Green Point, Cidade do Cabo (AFS)

Data/hora: 30/2/2005 – 16h (de Brasília)

Árbitro: Yuichi Nishimiura (JAP)
Auxiliares: Toru Sagara (JAP) e Jeong Hae Sang (JAP)

Cartões amarelos: Victorino, Lodeiro, Lugano (URU); Evra, Ribéry, Toulalan (FRA)
Cartões vermelhos: Lodeiro (URU)

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , ,

2 Respostas to “Uruguai 0 x 0 França”

  1. Dani Muzi Says:

    Loquito, usted és un glorioso!

    Hasta a la vitoria siempre!

    P.S. Pero en la Copa, por supuesto, mi corazón está en Brasil, pero usted puedes quedar en segundo lugar e ganar todos en Botafogo. Que te pareces?

    • christianjafas Says:

      Nesta quarta, dia 16, o Uruguai precisa vencer para assegurar a classificação.

      Vamos lá, Loquito!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: