África do Sul 1 x 1 México

Um grande público para uma grande festa! 84.490 pessoas assistiram ao empate entre África do Sul e México na abertura da XIX Copa do Mundo. Com o Soccer City lotado e ao som das vuvuzelas, os sul-africanos suportaram a surpreendente pressão inicial dos mexicanos e conseguiram equilibrar a partida no primeiro tempo. Giovani dos Santos foi o jogador mais insinuante do México e quase abriu o placar em duas oportunidades, mas a melhor chance da etapa inicial saiu dos pés do atacante Franco, na pequena área, para grande defesa do goleiro Khune.

A segunda etapa começou diferente e o time de Carlos Alberto Parreira, mais organizado em campo, tocava a bola em velocidade envolvendo a marcação mexicana. E foi dessa forma, aos dez minutos, num contra-ataque bem ao estilo Parreira, que a seleção da casa fez o primeiro gol da Copa do Mundo 2010. E que gol! Golaço de Tshabalala!

Após bela troca de passes no meio de campo, Mphela partiu em velocidade e lançou Tshabalala que invadiu a área e desferiu um balaço no ângulo esquerdo do goleiro Perez. Indefensável! A seleção de Parreira cresceu com a vantagem no placar passando a dominar as ações e desperdiçando boas oportunidades de definir a partida. E como diz o ditado: quem não faz, leva…

Alegria dos jogadores sul-africanos após o gol de Tshabalala

Um erro da zaga sul-africana fez o Soccer City cair no silêncio aos 34 minutos! A defesa da África do Sul parou pedindo impedimento e Rafa Márquez, em posição legal, aproveitou o centro da esquerda e fuzilou o goleiro Khune. O gol de empate deixou os anfitriões da festa atordoados e por pouco a seleção mexicana não consegue virar o placar.

Depois do susto, Mphela, Pienaar e Tshabalala trataram de acalmar o time, colocar a bola no chão e retomar o controle da partida. O técnico mexicano mudou o ataque colocando o experiênte Blanco, mas quem chegou perto do segundo gol, aos 44 minutos, foi o rápido Mphela que venceu dois zagueiros na corrida e tocou no pé da trave de Perez. O som de “Huuuuuuu!” tomou conta do Soccer City.

Empate com gosto de derrota para a África do Sul. O time de Parreira jogou melhor e merecia a vitória na estreia. Já do lado mexicano, empate com gosto de empate mesmo e o pouco futebol apresentado na primeira partida deve estar preocupando o técnico Javier Aguirre para o próximo compromisso diante da França.

84.490 torcedores empurraram a seleção de Parreira na estreia!

Ficha Técnica:

África do Sul 1 X 1 México

África do Sul: Khune, Gaxa, Mokoena, Khumalo e Thwala (Masilela); Letsholonyane, Dikgacoi, Modise, Pienaar (Parker) e Tshabalala; Mphela

Técnico: Carlos Alberto Parreira.

México: Perez, Aguilar (Guardado), Rodriguez, Osório e Salcido; Juarez, Rafa Márquez e Torrado; Giovani dos Santos, Vela (Blanco) e Franco (Hernandez)

Técnico: Javier Aguirre.

Gol da África do Sul: Tshabalala aos 10 minutos do segundo tempo

Gol do México: Rafa Márquez aos 34 minutos da etapa final

Estádio: Soccer City, Johannesburgo (AFS)

Data/hora: 11/06/2010 – 11h (de Brasília)

Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)
Auxiliares: Rafael Ilyasov (UZB) e Bahadyr Kochrakov (QUI)

Cartões amarelos: Dikgacoi e Masilela (AFS); Juarez e Torrado (MEX)

Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: